Informativo Filatelia77

Caros Amigos e Amigas Filatelistas,

Este é o Informativo da Filatelia77, com notícias sobre a Filatelia Brasileira
Visitem também o nosso site de comércio filatélico: www.filatelia77.com.br

     

Categorias: Sem categoria | 14 Comentários

Nova emissão Brasil: Centenário da Semana de Arte Moderna

No dia 28 de abril os Correios lançaram, na cidade de São Paulo/SP, o bloco comemorativo “Centenário da Semana de Arte Moderna”. Mais um lançamento polêmico, com a minha opinião no final…
O bloco tem quatro selos com valores faciais de 2º Porte da Carta (atualmente R$ 3,25, total do bloco R$ 13,00) e teve a baixíssima tiragem de 12.000 unidades.
Os códigos previstos para a próxima edição do Catálogo RHM são:
– B-224: bloco
– C-4033: selo Carybé e Macunaíma
– C-4034: selo À Sombra
– C-4035: selo Theatro Municipal de São Paulo e MASP
– C-4036: selo O Trenzinho do Caipira
– EPD-632: envelope de 1º dia com os selos do bloco (base envelope olho de boi)
Para mais informações, cliquem nas imagens e vejam o edital.
………………………………………………………………………………………………
Duas críticas para esta emissão. Primeiro, a baixa tiragem. Assim como a folha Pôr do Sol (matéria mais abaixo), poucos dias após o lançamento já estava com informação de Emissão Esgotada no site de vendas dos Correios. Ainda é possível encontra-lo em algumas agências, bem poucas. O motivo da redução da tiragem eu explico na matéria sobre a emissão Pôr do Sol.
A segunda crítica fica para as dimensões desse bloco. Absurdas: 230 x 240mm, não cabendo em classificadores nem nos álbuns tradicionais, forçando os filatelistas a guardarem à parte ou colocarem nos álbuns somente os selos destacados. Há algum tempo os Correios estão adotando a prática das peças com dimensões fora dos padrões filatélicos, não entendendo que o colecionador quer, no máximo, que caibam em seus álbuns ou classificadores. Estão inventando uma nova peça: o pôster filatélico.
Já fiz minhas críticas quanto a isso para quem gerencia a Filatelia nos Correios, mas não adiantou…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

7º Leilão da Filatelia77

O nosso 7º leilão está no ar. Acontecerá nos dias 12 e 13 de julho (terça e quarta-feira da próxima semana), duas sessões por dia, às 15:00 e 20:30h.
Gostamos da brincadeira: novamente são 1.000 lotes (250 em cada sessão), todos com preços iniciais de R$ 7,00.
Alguns exemplos da doideira:
– cadernetas CD01 e CD03, a 1 com mínima ferrugem e a 3 mint (1.800 UFs cada no RHM)
– Brasiliana 83: séries dos blocos e dos selos destacados
– bloco Mackenzie (compramos mais dois no exterior para este leilão)
– vários classificadores usados em estado de novos
– selos do Império com cotações de até 1.300 UFs
– minifolhas do Japão (2008) e Holanda (2009) em homenagem ao Brasil
– lote luxo de comemorativos mint com 567 UFs de catálogo (muitos antigos e destacados de blocos)
– lotes de blocos com 269 e 410 UFs de catálogo
– regulares e comemorativos novos com altos valores de catálogo
– selo Telégrafo T-7 (900 UFs no RHM)
– novamente, uma volta ao mundo pelo século 19: muitos selos de vários países emitidos antes de 1900.
E muito, muito mais.
Quem não puder participar ao vivo, por causa dos horários, façam seus lances antecipados. Existe a ferramenta de lances automáticos, onde poderão colocar o valor máximo que aceitam pagar pelo lote, mas que só é atingido se outros licitantes derem lances também.
Vão querer perder? Corram lá e vejam tudo. Para acessar é só clicar na imagem abaixo.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Pôr do Sol

Em 3 de maio os Correios lançaram a folha com quinze selos comemorativos “Pôr do Sol”.
O lançamento oficial ocorreu em 22 cidades: Abaetetuba/PA, Acreúna/GO, Alto Paraíso/GO, Aracaju/SE, Arraial do Cabo/RJ, Bauru/SP, Belém/PA, Boa Vista/RR, Conde/BA, Fernando de Noronha/PE, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, Ouro Preto/MG, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Presidente Epitácio/SP, Presidente Figueiredo/AM, Quirinópolis/GO, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA e São Paulo/SP.
Cada selo tem valor facial de 1º Porte da Carta (atualmente R$ 2,35, total da folha R$ 35,25).
Baixíssima tiragem: somente 10.000 folhas (comentário abaixo).
Os códigos previstos para a próxima edição do Catálogo RHM são:
– C-4037: selo Rosinaldo Santos
– C-4038: selo Mônica Alves Guimarães
– C-4039: selo Virggillius G E F Maia
– C-4040: selo Ana Paula Soares
– C-4041: selo Lucy Juliana
– C-4042: selo Nevio S Guimarães
– C-4043: selo Patrícia Fernandes Cardoso
– C-4044: selo Carlos Moura Jr.
– C-4045: selo Ariane Cristina Dutra
– C-4046: selo Sérgio Vaz
– C-4047: selo Ronaldo Neves
– C-4048: selo Márcia Tereza D Oliveira
– C-4049: selo Rauphe Cassimiro da Silva
– C-4050: selo Priscila V Campos
– C-4051: selo Ayrton Castro de Oliveira
– EPD-633: envelope de 1º dia dos selos C-4037 a C-4041 (base envelope olho de boi)
– EPD-633A: envelope de 1º dia dos selos C-4042 a C-4046
– EPD-633B: envelope de 1º dia dos selos C-4047 a C-4051
Para outras informações, vejam o edital clicando nas imagens.
………………………………………………………………………………………………………………
Mais uma emissão polêmica pela baixa tiragem. Apenas 10.000 folhas, observando que os Correios retém 2.700 para montagem de coleções anuais e cota UPU – União Postal Universal, disponibilizando para venda somente 7.300.
De uns tempos para cá a ECT entende que emissão de sucesso é a que esgota pouco tempo após o lançamento. Não entende que criando dificuldades para compra desestimula os filatelistas.
Esta emissão ainda é encontrada em algumas poucas unidades dos Correios. Mas no site da Central de Vendas à Distância já estava com informação de emissão esgotada duas semanas após o lançamento.

Categorias: Sem categoria | 1 Comentário

Leilão Holandês: Série Pomba Branca SE-12/16

Colocamos à venda, pelo sistema Leilão Holandês, mais uma cobiçada série Pomba Branca SE-12/16, emitida no ano 2000.
Esta série é uma das mais procuradas pelos colecionadores e pelo curto espaço de tempo que ficou à venda tornou-se a maior raridade filatélica nos últimos anos.
Colocamos à venda pelo sistema Leilão Holandês porque o mercado filatélico não tem parâmetros para definir o preço desta série, pois poucas foram negociadas nos últimos anos. Funciona assim: colocamos à venda no dia 25 de junho pelo valor de R$ 18.000,00 (a cotação no catálogo é de 7.500 UFs, aproximadamente R$ 37.500,00). Diariamente estamos reduzindo o preço em R$ 200,00, até chegar a um valor que desperte interesse em algum colecionador para adquiri-la – hoje está em R$ 15.400,00.
Esta série não é nossa, mas consignada de um amigo, que determinou um valor mínimo para venda (não podemos informar qual). Caso não seja vendida pelo mínimo, será retirada de venda.
Esse valor mínimo já está próximo. Quem tiver interesse, veja lá, clicando na imagem abaixo…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Profissão: Bombeiro

Em 4 de maio os Correios lançaram, nas cidades de Brasília/DF, Fortaleza/CE, Porto Velho/RO e São Paulo/SP, o selo comemorativo “Profissão: Bombeiro”.
Com valor facial de 1º Porte da Carta (atualmente R$ 2,35), teve tiragem de 240.000 selos, disponibilizados em folhas de 30 unidades.
Os códigos previstos para o Catálogo RHM são:
– C-4052: selo comemorativo
– EPD-634: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Para mais informações, vejam o edital clicando nas imagens.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Homenagem a Daniel Azulay

No dia 13 de junho os Correios lançaram, na cidade do Rio de Janeiro/RJ, o selo comemorativo “Homenagem a Daniel Azulay”.
Com tiragem de 150.000 unidades disponibilizadas em folhas de 15 selos, tem valor facial de 1º Porte da Carta (atualmente R$ 2,35).
Os códigos previstos para a próxima edição do Catálogo RHM são:
– C-4053: selo comemorativo
– EPD-635: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Vejam mais informações no edital, clicando nas imagens abaixo.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Série Relações Diplomáticas: Brasil – Irlanda – Ulysses 100 Anos

Em 16 de junho os Correios lançaram, em Brasília/DF, o selo comemorativo “Relações Diplomáticas: Brasil – Irlanda – Ulysses 100 Anos”.
Com valor facial de R$ 2,60, teve tiragem de 64.000 selos, disponibilizados em folhas de 8 unidades.
Os códigos para o Catálogo RHM são:
– C-4054: selo comemorativo
– EPD-636: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Para mais informações, vejam o edital clicando nas imagens.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Temas Estrangeiros – Circo

Colocamos na Loja uma grande quantidade de selos e peças filatélicas do tema Circo, que vocês poderão verificar clicando na série abaixo (Série Europa – O Circo, Palhaços Célebres, emissão de Gibraltar em 2002).
Como boa parte é da Série Europa 2002, quem coleciona esse tema também deve conferir as novidades na seção Temas Estrangeiros – Série Europa.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Bicentenário da Independência – Marca Oficial

No dia 17 de junho os Correios lançaram, em Brasília/DF, o polêmico (vejam meus comentários abaixo) selo comemorativo “Bicentenário da Independência – Marca Oficial”.
Com valor facial de R$ 0,01 (destinado somente ao porte de cartas sociais), a tiragem foi de 1.800.000 unidades, disponibilizadas em folhas de 30 selos.
Os códigos previstos para o Catálogo RHM são:
– C-4055: selo comemorativo
– EPD-637: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Para mais informações, acessem o edital clicando nas imagens abaixo.
…………………………………………………………………………………………..
Esclarecendo sobre a carta social: foi instituída em 1995. A portaria e normativa original determinavam que esse tipo de carta só poderia ser manuscrita (conteúdo e envelope), pesar até 10 gramas e ter remetente pessoa física. Também tinha quantidade limitada de cartas enviadas em um único dia. Numa época que ainda não existia a comunicação virtual, era muito útil para a circulação de notícias por parte de pessoas de baixa renda. Ainda é muito usada, por essa população e por presidiários. Não tenho certeza, mas parece que tiveram mudanças nessas determinações, acrescentando comprovação da baixa renda na hora do envio (ouvi falar que precisa comprovar inscrição em programas sociais do governo, mas não tenho confirmação disso).
Vamos ao selo: o último lançado para essa finalidade foi em 2011, um selo regular. Diante da necessidade de repor estoques e do fato que os Correios não pretendem mais lançar selos regulares, decidiram que este de agora, comemorativo, terá essa função. Só poderá ser usado nas cartas sociais e é vedado o seu uso no complemento dos portes das demais. Essa restrição deveria constar em edital, mas não colocaram. Somente normativas internas, pouco divulgadas e mal feitas. Chegaram ao absurdo de impor uma declaração a ser assinada pelos filatelistas que, mesmo comprando somente cinco unidades, não usariam este selo para franqueamento de correspondência, sendo esta compra exclusivamente para fins filatélicos. Mais uma, entre tantas, trapalhadas dos nossos Correios.
A venda é limitada a cinco selos por pessoa, nada impedindo que alguém vá nas agências diariamente para comprar os cinco, até adquirir a quantidade desejada.
Prevendo a necessidade de compra maior por parte de determinadas pessoas (comerciantes filatélicos com certeza e, talvez – aqui é suposição minha – ONGs que atendam comunidades carentes ou presidiários), os Correios abriram uma exceção de até 20 folhas (600 selos) para essas pessoas, precisando, neste caso, o preenchimento e assinatura de um termo de responsabilidade sobre a finalidade da aquisição.
Os Correios impõem essas restrições na comercialização, que considero razoáveis. Caso contrário, a demanda seria um absurdo e vejamos o lado deles. Se analisarmos o custo para a ECT na impressão e distribuição, com certeza é um selo deficitário, só emitido para cumprir determinação legal.
Mas temos mais uma incoerência da ECT neste caso: permitem a compra de até 600 selos pelos comerciantes filatélicos, mas em sua normativa interna informa que somente os Correios poderão comercializa-lo. Alguém entende isso?
Por enquanto não colocaremos à venda este selo. Precisamos de mais esclarecimentos sobre a sua comercialização filatélica. Os nossos assinantes podem ficar tranquilos, já temos a quantidade suficiente para atende-los no próximo fechamento. Pelo valor irrisório, não cobraremos os selos e quadras configurados nas assinaturas.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Selos personalizados com vinhetas

Recentemente colocamos na Loja uma boa quantidade de selos personalizados com vinhetas, aqueles mais antigos que estão cada vez mais difíceis de se encontrar. Muitos deles são únicos em estoque, aproveitem…
O selo abaixo é dos Jogos Panamericamos de 2007, o mais escasso e caro desses personalizados. Cliquem nele para ver todos.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Bicentenário da Independência – Movimentos Populares

Em 25 de junho os Correios lançaram, nas cidades de Cachoeira/BA e Rio de Janeiro/RJ, o selo comemorativo “Bicentenário da Independência – Movimentos Populares”.
Com valor facial de 1º Porte da Carta (atualmente R$ 2,35), teve tiragem de 80.000 selos, impressos em folhas de 10 unidades.
Os códigos previstos para o Catálogo RHM são:
– C-4056: selo comemorativo
– EPD-638: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Para mais informações, cliquem nas imagens e vejam o edital:

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Selos personalizados básicos

Os selos personalizados básicos iniciais, com logomarca antiga dos Correios (PB-1 ao PB-6), estão cada vez mais difíceis de encontrar. Conseguimos uma pequena quantidade de cada e estão disponíveis na Loja, vejam clicando na imagem abaixo:

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: Série 200 Anos de Independência: Bicentenário da Independência do Brasil

No dia 29 de junho os Correios lançaram, dentro da série 200 Anos de Independência, o selo “Bicentenário da Independência do Brasil”, na cidade de Brasília/DF.
Com tiragem de 96.000 selos disponibilizados em folhas de 12 unidades, tem valor facial de R$ 2,60.
O edital informa que é emissão conjunta com Portugal, mas na programação dos CTT – Correios de Portugal, consta este lançamento somente para o dia 7 de setembro.
Os códigos previstos para o Catálogo RHM são:
– C-4057: selo comemorativo
– EPD-639: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Para mais informações, vejam o edital clicando nas imagens:

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Lotes de Blocos Comemorativos

Disponibilizamos na Loja dois lotes de blocos comemorativos novos do Brasil.
Um tem 40 blocos mint, com cotação no Catálogo RHM de 269 UFs. O outro tem 50 blocos segunda coluna (mínima ferrugem ou marcas de charneiras), com cotação de 410 UFs.
São mais dois bons lotes para quem quer dar um up na sua coleção ou ter material para intercâmbio.
Cliquem na imagem e vejam na Loja:

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Brasil: As Vilas e as Populações Caiçaras do Brasil

Em 1º de julho os Correios lançaram, na cidade de Guaraqueçaba/PR, o selo comemorativo “As Vilas e as Populações Caiçaras do Brasil”.
Com valor facial de R$ 2,35, foi disponibilizado em folhas de 12 unidades, tiragem de 96.000 selos.
Os códigos previstos para a próxima edição do Catálogo RHM são:
– C-4058: selo comemorativo
– EPD-640: envelope de 1º dia (base envelope olho de boi).
Para mais informações, cliquem nas imagens e vejam o edital.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Lote 600 selos comemorativos mint

Montamos um lote bem caprichado com 600 selos comemorativos do Brasil mint.
Muitos selos antigos e modernos com alta cotação no Catálogo RHM. Inclusive muitos selos e séries destacados de blocos. Muitas séries completas.
Excelente material para dar um up na coleção ou uso em intercâmbios.
O preço cobrado pelo lote foi calculado aproximadamente a R$ 0,50 a UF. Uma pechincha, haja vista a qualidade/variedade dos selos.
Veja a relação completa dos selos deste lote: https://filatelia77.com/lote-600-comemorativos-mint/
Acessem na loja clicando na imagem:

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Selo personalizado Os Grandes Nomes da Filatelia Brasileira – Francisco Marinho

Quando idealizei a série de selos personalizados “Os Grandes Nomes da Filatelia Brasileira” combinei com os Correios que seriam lançados mensalmente e assim foi no início.
Ficou minha a responsabilidade de prospectar quem seria homenageado, providenciar autorização de uso da imagem junto aos familiares e dar o encaminhamento burocrático para os lançamentos.
Assim foi até o último lançado, em janeiro de 2021 (José Maria Monteiro Martins).
Alguns dias antes do lançamento oficial de cada um, eu encomendava aos Correios uma pequena quantidade de folhas (geralmente 20), para tê-los na data que os Correios disponibilizavam para venda.
O seguinte, que seria lançado no início de fevereiro de 2021, era o do querido amigo Francisco Sérgio Bezerra Marinho.
Como de costume, adquiri as 20 folhas iniciais, mas então os Correios suspenderam, a partir de 1º de fevereiro de 2021, a comercialização de novos selos personalizados. Guardei essas folhas julgando que a suspensão seria temporária, mas até o momento não voltaram e tudo leva a crer que não voltarão tão cedo.
Decidi então colocar à venda estes que tenho. Infelizmente, não terá código oficial de selo personalizado (iniciado com “PB”), nem será classificado no Catálogo RHM. Isso só ocorrerá quando e se os Correios liberarem novamente a venda de novos selos personalizados e conseguirmos dar continuidade a esta série, que é uma justa homenagem aos que fizeram história na Filatelia Brasileira.
Clicando nas imagens vocês acessarão este selo na Loja…
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
Francisco Sérgio Bezerra Marinho nasceu em 13 de fevereiro de 1936, na cidade do Rio de Janeiro, onde realizou seus estudos primário e secundário. Formou-se Oficial da Marinha de Guerra, em dezembro de 1955. Além da formação militar (Curso Superior de Guerra, em 1980), também formou-se em Economia e Administração de Empresas.
MARINHO iniciou-se na Filatelia colecionando selos de barcos, navios, etc, certamente influenciado por sua carreira profissional na Marinha, onde chegou ao posto de Capitão de Mar e Guerra (Fuzileiro Naval). Aos poucos foi tomando gosto pelo hobby e, estudando com mais profundidade, começou a adquirir conhecimentos especializados em marcas postais marítimas, correspondências de navios de guerra, etc.
Foi um grande colecionador temático. Suas coleções receberam inúmeros prêmios em exposições nacionais, internacionais e mundiais (FIP). Nos últimos anos de vida vinha se dedicando aos temas “terrorismo”, “insurgência”, etc, talvez se baseando no ataque terrorista de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos.
Também esteve presente em praticamente todas exposições filatélicas, tanto no Brasil como no exterior. Com seu estilo alegre e extrovertido, conseguiu fazer inúmeras amizades pelo mundo. Sua derradeira atividade foi como visitante na III Copa Cuba Internacional de Filatelia, pouco antes de falecer.
Foi jurado FEBRAF, FIAF e FIP, atuando nas classes de Filatelia Temática e Filatelia Juvenil, sendo um grande incentivador desta última – atuou como jurado FIP na Exposição Brasiliana 2013.
Foi sócio do CFB – Clube Filatélico do Brasil, da APS – American Philatelic Society e da FEFIBRA – Federação dos Filatelistas do Brasil.
Como estudioso da Filatelia, escreveu vários artigos nas suas áreas de pesquisa. Seu último trabalho publicado foi “Canal Marítimo de Suez – Serviços Postais”.
MARINHO era membro do Conselho Consultivo da FEBRAF, sendo um grande batalhador no sentido de mudar os rumos da Filatelia Brasileira.
Em janeiro de 2014 a FEBRAF o designou como jurado brasileiro (na classe de Filatelia Juvenil) para a exposição Malaysia 2014, mas o destino decidiu de forma diferente. Francisco Marinho faleceu em 31 de julho de 2014, deixando duas filhas: Izabella e Daniella.
(adaptado de publicação no site www.fefibra.org.br)

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Comemorativos Novos

Colocamos muitas novidades na seção de Comemorativos Novos, principalmente emissões após o período do Real, que vocês poderão conferir clicando na folha abaixo (Campeões da Libertadores – Vasco da Gama, de 2001).
A seção está separada por períodos ou anos, para facilitar a pesquisa.
Se quiserem pesquisar um selo especificamente, uma dica: no campo de busca que está no topo da página principal, digitem SB e o número RHM do selo (ou primeiro de uma série) e cliquem na lupa.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Boletim nº 44 do Clube Filatélico Brusquense

Eu não me canso de rasgar elogios ao Boletim Filatélico do Clube Filatélico Brusquense, caprichosamente editado pelo amigo Jorge Paulo Krieger Filho e equipe.
Um dos melhores, se não o melhor, boletim editado nos últimos anos no nosso país. Vejam o conteúdo na segunda imagem.
Confiram mais esta brilhante edição clicando na capa abaixo:

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Coleções Álbuns Classic: pagamento em até 12 vezes sem juros

Foram muitos, muitos mesmo, os pedidos dos amigos colecionadores para que parcelássemos o pagamento das coleções dos álbuns Classic em 10 ou 12 vezes sem juros, haja vista os preços das mesmas.
Negociamos com a operadora taxas mais razoáveis e sacrificamos um pouco a nossa margem de lucro, podendo oferecer essa forma de pagamento: 2 a 12 vezes sem juros.
Esse parcelamento só é possível na compra das coleções completas, não vale para suplementos e capas avulsas.
Não é promoção, esse parcelamento será definitivo para as compras das coleções Classic completas.
Aproveitem!!!
Para quem ainda não conhece a família dos álbuns Classic:
O que eles têm em comum:
– as capas, com argolas, facilitam o manuseio da coleção e têm estojos protetores. São produzidas com papelão rígido e revestidas de percalux.
– os suplementos são impressos em folhas de alta qualidade, com gramatura 180.
– os selos têm impressos, além do título, o código RHM, facilitando a preparação de mancolistas. Também têm a data do lançamento, exceto os regulares.

Características de cada coleção (todas englobando o período 1843 a 2021):
Classic Plus:
A mais vendida atualmente. Tem configuração “enxuta”, somente um selo ou bloco de cada emissão.
Folhas com tamanhos maiores (28,0 x 34,4cm), possibilitando a fixação das séries em folhas inteiras, sem precisar destacar os selos.
530 folhas distribuídas em 6 capas pretas numeradas com gravação prateada.
Classic Master:
Para quem está acostumado com as coleções tradicionais, têm configuração completa: além dos blocos, os selos destacados dos mesmos. Idem para as séries emitidas em se-tenants, trípticos, quadras e sextilhas.
Também tem folhas adicionais para as emissões cujas folhas foram impressas com imagens ou vinhetas nas bordas (colecionismo opcional, folhas numeradas à parte – se retiradas não alteram a sequência).
Folhas com tamanhos maiores: 28,0 x 34,4 cm.
732 folhas distribuídas em 8 capas pretas numeradas com gravação dourada.
Classic:
Para quem prefere o tamanho tradicional dos álbuns de selos, as folhas medem 25,5 x 27cm.
Configuração “enxuta”, como o Classic Plus.
740 folhas distribuídas em 10 capas não numeradas, sem gravações.
Opção de quatro cores para as capas: azul, verde, vermelha ou preta (podendo, inclusive, optar por mais de uma cor para compor a coleção).
Pagamento em 12 vezes válido somente para a configuração de 4 furos (sistema de argolas).
Classic Plus Quadras:
Edição em folhas separadas para os selos comemorativos, regulares e personalizados.
Folhas com tamanhos maiores: 28,0 x 34cm.
703 folhas distribuídas em 8 capas pretas numeradas com gravação prateada (as mesmas do Classic Plus).

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.