Sem categoria

Nova emissão Brasil: Personalizado Corinthians – 40 Anos do Fim do Jejum

No dia 18 de janeiro os Correios disponibilizaram para venda o selo personalizado “Corinthians – 40 Anos do Fim do Jejum”.
Com valor facial de 1º Porte Carta Comercial (atualmente R$ 1,85), são vendidos em folhas de 12 unidades, seguindo tabela de preços ECT para os selos personalizados e podem ser encomendados em qualquer agência dos Correios.
Por enquanto só está disponível para venda no modelo Prisma gomado, uma vez que o autoadesivo teve a venda suspensa temporariamente – quando retornarem, este também será comercializado nesta versão.
O código previsto para a classificação no Catálogo RHM é:
– PB-80: selo gomado

Categorias: Sem categoria | 1 Comentário

Leilão Holandês: Série 5 envelopes Pomba Branca 12/16

Colocamos à venda, pelo sistema Leilão Holandês, um conjunto de cinco envelopes com a cobiçada série Pomba Branca 12/16, emitida no ano 2000.
Esta série é uma das mais procuradas pelos colecionadores e pelo curto espaço de tempo que ficou à venda tornou-se a maior raridade filatélica nos últimos anos.
Os envelopes têm carimbos datadores de 18 de maio de 2000 (mês seguinte ao lançamento), mas não foram circulados.
Acompanha certificado de autenticidade de Peter Meyer.
Se algum colecionador desejar a série usada (que tem no Catálogo RHM a mesma cotação da nova), pode-se retirar as etiquetas dos envelopes.
Colocamos à venda pelo sistema Leilão Holandês porque o mercado filatélico não tem parâmetros para definir o preço desta série, pois poucas foram negociadas nos últimos anos. Funciona assim: colocamos à venda hoje, 25 de janeiro, pelo valor de R$ 15.000,00 (a cotação no catálogo é de 7.500 UFs, aproximadamente R$ 22.500,00). Diariamente reduziremos o preço em R$ 200,00, até chegar a um valor que desperte interesse em algum colecionador para adquiri-la.
Enquanto estiver à venda, ficará disponível na página principal da Loja. Cliquem na imagem e verifiquem!

ense12

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Nova emissão Portugal: Caderneta Madeira Autoadesivos

No dia 15 de janeiro os CTT – Correios de Portugal lançaram a caderneta Madeira Autoadesivos, com seis séries de cinco selos.
Com imagens de emissões de anos anteriores, cada selo tem o porte E20g (porte Europa até 20 gramas) e a tiragem foi de 240.000 séries (40.000 cadernetas).
Foi lançado também um envelope de 1º dia para FDC oficial da série.
Para mais informações, cliquem na imagem e vejam o edital.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Suplementos 2017 dos Álbuns de Selos do Brasil Classic e Classic Master

Estão disponíveis na Loja os suplementos 2017 dos Álbuns de Selos do Brasil Classic e Classic Master, que vocês poderão verificar clicando nas imagens abaixo.
No caso do Classic, na página acessada cliquem em “2 Furos” ou “4 Furos”.
Quanto ao Álbum de Selos do Brasil Marek, está previsto para a primeira quinzena de fevereiro…

 
Classic                                                                       Classic Master

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Contemplados com os Vales-Compras da Filatelia77

Conforme divulguei na edição anterior do Informativo, o sorteio dos vales-compras da nossa promoção ocorreu pela Loteria Federal do dia 23 de dezembro de 2017.
Segue a relação dos premiados:
1º prêmio – Nº 3019 (R$ 6.000,00): Marcello Paiva Rodrigues – Rio de Janeiro/RJ
2º prêmio – Nº 1398 (R$ 2.000,00): Lidiane Thaís Volkmann  – Pomerode/SC
3º prêmio – Nº 8451 (R$ 1.000,00): Alexandre Ventura V. Gomes – São Caetano do Sul/SP
4º prêmio – Nº 4760 (R$ 500,00): Marciano Encinas Roman – Espanha
5º prêmio – Nº 9459 (R$ 300,00): Rosa Mitiko Igarashi – São Paulo/SP
Parabéns aos felizes ganhadores…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Seção Liquidação

Com 16 anos de atividade, a Filatelia77 acabou formando um estoque prá lá de enorme, tanto de selos nacionais como estrangeiros.
Para aliviar um pouco esse estoque, resolvi fazer uma liquidação, oferecendo parte desse material por preços bem vantajosos, que vocês poderão verificar clicando na imagem abaixo.
Os preços estão excelentes: muitos itens estão sendo vendidos por preços inferiores ao que paguei no atacado filatélico.
Uma observação: os itens adquiridos nesta seção na entram nas nossas Promoções e não têm outros descontos informados na seção Termos e Condições da Loja. Estão com preços para pagamento à vista, através de depósito/transferência bancária, e, atendendo a pedidos, liberamos também o pagamento com cartão de crédito, com um porém: acréscimo de 10% no valor da compra e sem parcelamento.
Só podemos aceitar pagamento com cartão dessa maneira, por causa dos preços bem baixos que estamos praticando na seção…
Aproveitem!!!

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Reunião com palestra na SPP

Neste 27 de janeiro, às 13:30h, tem a exposição com palestra que sempre ocorre no último sábado de cada mês na SPP – Sociedade Philatelica Paulista.
Nesta, o tema é “Aerogramas Série 2007” e o palestrante, o amigo Reinaldo Macedo, incansável batalhador da nossa Filatelia.
Terminando a palestra, por volta das 14:30h, tem início o leilão de doações da entidade, com lotes colecionáveis (a maior parte filatelia) a preços inicias irrisórios. Vocês poderão adquirir peças para as suas coleções a preços baixos e passar uma tarde muito agradável entre amigos.
A SPP fica pertinho do prédio histórico dos Correios, no Largo do Paissandu, 51 – 17º andar.
Finalizando: clicando na logo acima vocês acessarão o site da SPP, recheado de informações interessantes para nós, filatelistas.

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Política de descontos da Filatelia77

Modificamos a nossa política de descontos. Confesso que piorou para pagamentos com cartão de crédito, mas melhorou quando os pagamentos forem através de depósito/transferência bancária:
– Descontos para pagamentos à vista (depósito/transferência bancária):
— 10% para as compras acima de R$ 100,00
— 20% para as compras acima de R$ 200,00
(Exceto a seção “Liquidação”: nesta não aplicamos descontos)
– Pagamentos com cartão de crédito:
— Sem descontos, com parcelamento em até 6 vezes (valor mínimo de cada parcela: R$ 50,00)
— Acréscimo de 10% para os produtos da seção Liquidação
Cheques pré-datados: mesmas condições dos cartões de crédito
Observem que com o desconto de 20% para compras acima de R$ 200,00 mais os preços prá lá de vantajosos da seção “Liquidação”, ficou bem melhor comprar na Filatelia77…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Dia do Carteiro

Hoje, 25 de janeiro, além do aniversário da cidade de São Paulo, comemora-se também o Dia do Carteiro.
Foi nesta data, em 1663, que criou-se a função de Correio-Mor no Brasil, nome dado à função de carteiro naqueles tempos. Luiz Gomes da Matta Neto, que já atuava como Correio-Mor em Portugal, assumiu o posto no Brasil e se tornou o responsável pela troca de correspondências da Corte.
Já o patrono dos Correios é o carteiro Paulo Bregaro. Foi ele quem levou para o príncipe D. Pedro I as notícias de Portugal que culminaram na Independência do Brasil. Uma das versões das palavras do Conselheiro José Bonifácio de Andrada e Silva, ao recomendar pressa na entrega das correspondências, ainda hoje sintetiza a mística do trabalho responsável do carteiro: “Arrebente e estafe quantos cavalos necessários, mas entregue a carta com toda a urgência”.
Em mais de 350 anos de atividade, muita coisa se transformou. Novas formas de entrega foram sendo somadas às mais antigas e hoje os mais de 56 mil carteiros e carteiras (metade dos funcionários dos Correios) dão conta da distribuição diária de aproximadamente 34 milhões de objetos.
Quero registrar aqui os meus parabéns e agradecimentos a estes incansáveis amigos que nos trazem as correspondências, enfrentando sol, chuva, cachorros e, infelizmente, também os bandidos que os assaltam…

diadocarteiro2015

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Emissão Star Wars de Portugal: finalmente disponível para venda

Após um longo calvário de alguns meses, recebemos a última remessa que faltava de Portugal e agora podemos colocar na Loja a emissão Star Wars 40 Anos, lançada em setembro.
Temos todas as peças lançadas pelos CTT – Correios de Portugal para esta série: selos, caderneta, bloco, FDCs e folha especial de lançamento.
Cliquem na imagem abaixo, do bloco, e vejam todos os itens…
Uma observação: quem encomendou esta emissão anteriormente, atenderemos nos próximos dias…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Boletins nº 15 e 16 do Clube Filatélico Brusquense

O amigo Jorge Paulo Krieger Filho, presidente do Clube Filatélico Brusquense, continua caprichando nos boletins daquela entidade.
Em dezembro não tive oportunidade de divulgar a edição nº 15, então seguem agora esta e a de janeiro/fevereiro, nº 16.
Mais uma vez, parabenizo o Jorge pelo ótimo trabalho que realiza e aconselho a vocês a leitura, vale a pena. Basta clicar nas respectivas imagens…


Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Classificadores: Promoção Temporária para diminuir o impacto do reajuste

Tivemos que reajustar os preços dos Classificadores Walis, pois já faz algum tempo que o fabricante está praticando nova tabela de preços.
Para diminuir um pouco esse impacto, faremos uma promoção temporária na compra dos mesmos: 20% de desconto para pagamento à vista (depósito/transferência bancária) ou 10% de desconto para pagamento com cartão de crédito (em até 3 vezes, parcela mínima R$ 50,00).
Cliquem na imagem abaixo para acessar a seção na Loja. Na página que entrar, cliquem em “1ª Linha” ou “2ª Escolha”. Observo que os classificadores de 2ª escolha têm defeitos mínimos, muitas vezes imperceptíveis, e custam aproximadamente 25% menos que os de 1ª linha…
Promoção válida até o dia 10 de fevereiro. Aproveitem!

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Encontro de Rui Dias e Braz Martins Neto em Lisboa

Na edição anterior do Informativo divulguei a publicação que o amigo Braz Martins Neto fez da sua coleção “Estado de Direito – Defesa e Violação”. O também amigo Rui Dias, de Portugal, ao ler a matéria entrou em contato com o Braz, solicitando tal publicação. Feliz coincidência, o Braz estava passando alguns dias em Lisboa e os dois se encontraram para que o Braz entregasse pessoalmente a publicação ao Rui.
Fiquei contente ao saber que a nossa matéria proporcionou este encontro. Vejam a foto dos dois:

Categorias: Sem categoria | 1 Comentário

Catálogo RHM 2017

O editor do Catálogo RHM, o amigo Peter Meyer, disponibilizou a edição 2017 para vendermos também na Filatelia77.
É uma edição simplificada, somente com os selos tipo, de 1843 a 2016.
Ideal para quem não comprou a anterior em dois volumes e que não coleciona variedades ou outras peças filatélicas, mas somente os selos tipo.
Cliquem na imagem abaixo para acessar na Loja…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Programação Filatélica 2018

Os Correios atualizaram a programação dos lançamentos postais deste ano. Cliquem na imagem abaixo e verifiquem as emissões que teremos…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Álbum de Selos do Brasil Classic Master

Desde quando adquirimos os direitos autorais do Álbum Classic, pensamos como resolver uma reclamação de muitos colecionadores: o fato de não caber no álbum as séries emitidas em folhas inteiras. Alguns exemplos: Futebol Arte e Oceanos (1998), Esportes Olímpicos/Turma da Mônica e 500 Anos do Descobrimento (2000), Personalizados com vinhetas com 12 selos diferentes na folha (vários anos) e a maior de todas, Nossos Selos Rio 2016 (2016). Além de muitas folhas com selos iguais, mas com vinhetas nas bordas: Automobilismo (2000), Campeões da Libertadores (2001), Heróis Nacionais (2008), Circuito das Frutas (2009), Estações Ferroviárias (2011) e Bonecas (2016).
Temos outras, citei algumas para vocês terem uma ideia…
Observo que o tamanho das folhas usadas no Classic (27 x 25,5cm), também no Álbum de Selos do Brasil (Marek), são as usadas pela maior parte dos álbuns de selos, aqui e no exterior. Mas nestas não cabem as folhas inteiras exemplificadas acima.
Pois bem, a ideia surgiu no final do ano passado, quando adquirimos para desmonte uma coleção dos Estados Unidos, em álbum editado pela Yvert, com dimensões maiores às normalmente usadas: por que não lançar um Álbum do Brasil também neste tamanho, onde caberiam as folhas inteiras?
A partir daí, começamos a planejar o Álbum de Selos do Brasil Classic Master, cujos suplementos estão sendo lançados aos poucos, mas já estão na reta final…
Nas últimas semanas foram editados mais alguns suplementos. Estão disponíveis:
– Império

– República (1890 a 1942)
– 1950 a 2017
Faltam poucos: 1943 a 1949 e os especiais (aéreos, depósitos, jornais, taxas, folhinhas, etc)

As principais características do Classic Master:
– Dimensões das folhas: 34,4 x 28cm
– Papel: branco gramatura 180
– Capa: dura com estojo protetor, na cor preta, com gravação em dourado. Numeradas, por enquanto de 1 a 5
– Furação: 4 furos, sistema de argolas
Para que possam comparar, segue uma tabela com as características dos álbuns Classic e Classic Master:

Características ………. Classic ………. Classic Master
Dimensões das folhas 27,0 x 25,5cm 34,4 x 28,0cm
Papel (branco) 180g 180g
Capa Dura com estojo protetor Dura com estojo protetor
Cores das capas Azul, Verde, Vermelha ou Preta
(somente preta para 2 furos)
Somente Preta
Gravação nas capas Não Sim
Furação 2 furos (parafusos) ou 4 furos (argolas) Somente 4 furos (argolas)
Capacidade aproximada
de cada capa
65 folhas 100 folhas
Configuração Enxuta: não entram selos destacados de blocos,
de séries em se-tenants, quadras, sextilhas, etc.
Completa: Semelhante ao Álbum de Selos do Brasil, entram os blocos e seus selos destacados, as séries em se-tenants, quadras ou sextilhas e seus selos destacados; mas não entram se-tenants invertidos.
Quadras ou sextilhas com posições diferentes dos selos só entram se foram impressas em várias posições pelos Correios
Séries em folhas entram os selos destacados e as folhas inteiras, podendo o colecionador optar pelo descarte de uma delas
Formato da Venda Coleção completa ou avulsa, adquirindo-se em
partes os suplementos e as capas
Por enquanto, somente avulsa. Depois que lançarmos todos os suplementos, também iremos oferecer a opção da coleção completa
Preço das capas R$ 78,00 R$ 120,00
Preço dos suplementos R$ 2,00 cada folha R$ 3,00 a folha

Seguem abaixo algumas imagens do Classic Master. Clicando em qualquer uma vocês acessarão a seção na Loja…

 
 
 
 

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Clube Filatélico e Numismático de Uberlândia: nova diretoria e reunião neste sábado

Os amigos do CFNU – Clube Filatélico e Numismático de Uberlândia elegeram e empossaram a nova diretoria, para mandato de 2018 a 2020, que ficou assim constituída:
– Presidente: Aparecida Divina Guedes Silva
– Vice-presidente: Adriano Graziosi
– 1º Tesoureiro: Marino dos Santos Resende
– 2º Tesoureiro: Umberto Martins Custódio
– 1º Secretário: Francisco Carlos de Moraes Salles
– 2º Secretário: Danilo Campion Arantes
– Conselho Fiscal: Clesnan Mendes Rodrigues, Elverton Ralph Krull e Nelsino Beltran
– Suplentes Conselho Fiscal: Aparecida Portilho Salazar, Douglas Marcelo Nogueira de Sales Duarte e Roberto Leone
Aos amigos da nova  diretoria, desejo muito sucesso…
Aproveitando, o amigo Francisco Salles convida para a primeira reunião do CFNU deste ano, que acontecerá neste sábado 27 de janeiro, das 15:00 às 18:00h, no Griff Shopping (Av. Rondon Pacheco, 2.300 – Saraiva).
Amigos de Uberlândia e cidades vizinhas, apareçam por lá…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Álbum de Selos do Brasil Classic

O Álbum de Selos do Brasil Classic foi lançado diante da necessidade de mais uma opção aos colecionadores, uma vez que só contavam com um modelo no mercado, que não satisfazia a todos.
Projetado e editado pela RHM até meados de 2013, seus direitos autorais foram transferidos para a Filatelia77, que o edita atualmente.
O Classic tem uma configuração “enxuta”; no caso dos blocos, somente os blocos (não entram os selos destacados), as séries emitidas em se-tenants, trípticos ou quadras, somente a peça inteira, nada de duplicações com os selos destacados.
Não tem suplementos separados para regulares e comemorativos, é editado em ordem cronológica com todos os selos. Só são editados em suplementos separados os selos do império, aéreos clássicos e os demais que não são mais emitidos: oficiais, telégrafos, jornais, varig, zeppelin, eta, condor e depósitos.
É oferecido em dois modelos de furações: 2 furos (sistema de parafusos) e 4 furos (sistema de argolas, que recomendamos porque facilita bastante o manuseio das folhas).
Além das imagens e dos títulos das emissões, tem o código RHM de cada selo, facilitando a preparação de mancolistas. Nos comemorativos, tem também a data de lançamento.
Os suplementos são vendidos avulsos, por períodos ou anos, podendo ser adquiridos em partes, até formar a coleção completa.
Se adquirida a coleção completa, custa R$ 2.038,00, correspondente aos suplementos desde o Império até 2016 (exceto os recém-lançados suplementos para Folhinhas Autorizadas e Oficiais) e 10 capas com estojo necessárias para acondicioná-los.
Por quê o Classic custa mais caro? Três motivos principais:
– o papel de melhor qualidade, com gramatura 180
– ainda não temos escala de consumo que viabilize a impressão em gráfica. O álbum é impresso manualmente, aqui na Filatelia77
as capas já vão com estojos protetores
Reconheço que o preço da coleção completa é um pouco salgado, mas observo que não é necessário adquiri-la em uma única vez. Exceto se acontecer alguma inflação fora de controle no período, garantimos manter os preços atuais dos suplementos até dezembro de 2018, para quem optar pela compra em partes (não podemos garantir o mesmo para as capas, que têm produção terceirizada e cuja margem de lucro é muito menor).
Qualquer dúvida, estamos às ordens pelo email filatelia77@gmail.com.
Cliquem nas imagens abaixo e verifiquem o Classic na nossa Loja…

aa1011
2 furos

aa101003
4 furos

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Carta Aberta ao presidente dos Correios: A Falência do Serviço Postal Brasileiro

Ao Sr. Guilherme Campos Junior
Presidente da ECT – Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos

Assunto: A Falência do Serviço Postal Brasileiro

Sr. Guilherme,

Desculpe a franqueza, mas após um ano e meio no cargo de presidente de uma das maiores empresas públicas deste país, o senhor não consegue mostrar competência para o cargo que ocupa, uma vez que a qualidade dos serviços prestados pela mesma rola ladeira abaixo num abismo sem fim. Talvez gerenciar uma rede de armarinhos de cama, mesa e banho seja bem mais simples do que uma empresa dessa envergadura – há décadas compro e recomendo as lojas de propriedade da sua família.
Eu compro e utilizo os serviços dos Correios. Já vendi para os Correios. Divulgo a atividade filatélica brasileira, principalmente lançamentos postais e eventos relacionados ao colecionismo dos selos postais. Nesses treze anos de atividade próxima aos Correios, nunca vi uma situação tão ruim como agora. Vamos aos fatos:

1) Correspondências do exterior demoram meses para ser entregues, quando são

Sr. Guilherme, no tempo do Brasil Colônia ou Império as correspondências vindas do exterior eram entregues com maior brevidade do que em pleno século 21. Levavam uma média de 25 dias entre a postagem e a entrega, numa época na qual contava-se somente com os transportes dos navios e lombos dos burros ou, eventualmente, trens. Hoje, ninguém sabe o que acontece com uma correspondência depois que chega em Curitiba, aquela unidade virou uma bagunça só. Tenho uma correspondência despachada em Portugal no dia 14/09/2017 e liberada pela Receita para entrega no dia 13/10/2017, código RP704018010PT. Só aí já é um absurdo, praticamente um mês entre o despacho e a liberação para entrega. Hoje consta que está na minha caixa postal para retirada desde o dia 22/01/2018. Vamos fazer as contas em dias úteis ou corridos para calcular tal absurdo? Em qualquer conta, o tempo para entrega foi uma aberração.
Tenho mais quatro remessas, também vindas de Portugal, despachadas entre os dias 24 e 27/10/2017 (códigos RP704032572PT, RP704032586PT, RP704032590PT e RP704032609PT), todas liberadas pela Receita para entrega em 23/11/2017. Três meses após o despacho e dois após a liberação pela Receita, ninguém nos Correios consegue informar onde estão.
Já deixei de comprar selos de quase todos os países e só insisto nas emissões de Portugal porque tenho trinta clientes assinantes para os quais forneço as novas emissões daquele país. Mas agora serei obrigado a interromper este serviço, pois é impraticável aguardar quatro meses ou mais após a compra para receber uma encomenda.

2) Prazo das entregas dos Sedex e Encomendas PAC

Sr. Guilherme, numa confissão da qualidade que vem se deteriorando nos serviços postais, a ECT nos últimos anos aumentou os prazos das entregas das encomendas Sedex ou PAC, assumindo que já não tem mais competência para entregar em prazos satisfatórios.
Alguém na empresa já informou ao senhor o que significa a sigla PAC? Acredito que não: Prático, Acessível, Confiável. Vamos rir ou chorar dessa sigla, quando a empresa determina prazos de entregas que chegam a ultrapassar um mês corrido conforme o local? E que piorou ainda mais neste final de ano, com a ampliação do prazo em dois dias úteis para a temporada novembro a janeiro. Cheguei a enviar sedex para a minha própria cidade, Jundiaí/SP, para o qual os Correios informavam até quatro dias úteis para entrega. E com logística absurda: sedex saindo de Jundiaí, indo passear em Indaiatuba/SP para depois retornar à cidade e ser entregue.
Já sobre o índice de sedex extraviados, um comentário à parte: em quinze anos de atividade só tinha enfrentado esse problema uma única vez. No final de novembro e início de dezembro, foram dois, ambos vindos da ACVD (Central de Vendas à Distância, Rio de Janeiro), com muito aborrecimento para conseguir ressarcimento e envio de nova remessa.

3) Cartas registradas tratadas como cartas simples

O registro de uma carta é um serviço que pagamos aos Correios e que nem sempre é prestado. Explico: quando envio uma carta registrada, os Correios têm o compromisso de identificar quem recebe no destino, mas tem ocorrido com frequência esse tipo de remessa ser colocado em caixas de correspondências ou simplesmente jogadas ao relento, sem o carteiro se dar ao trabalho de identificar quem recebeu. No decorrer de 2017 recebi várias cartas registradas dessa maneira, colocadas na minha caixa de correspondência.
E recentemente tive a reclamação de um cliente, para o qual enviei carta registrada, que deveria ser entregue em mãos do destinatário com identificação, mas que foi jogada no jardim da casa, molhando com a chuva. Desafio que o senhor consiga a identificação de quem recebeu a carta registrada JT305713222BR. Não conseguirá, pois não identificaram quem recebeu.

4) Correios não entregam correspondências

Os Correios não estão cumprindo o serviço mais básico de todos da empresa, a entrega das correspondências comuns (cartas simples, extratos bancários ou de cartão de crédito, contas de serviços públicos). Recordo-me dos antigos e bons tempos que o carteiro entregava as correspondências diariamente. Passou para duas vezes por semana. Depois semanalmente, quinzenalmente e agora nem está passando mais, ou melhor, há pelo menos um mês não chegam correspondências na minha residência.
As contas podemos nos virar pela internet, mas tem casos que atrapalham a vida. Um exemplo: há um mês solicitei a substituição de um cartão de crédito que estava com defeito no chip. As operadoras enviam o novo cartão por sedex e nova senha por correspondência simples. O cartão chegou a mais de vinte dias e a senha, postada na mesma data, ainda não. Pela demora na entrega, cancelaram e emitiram uma nova, reenviada esta semana. Será que chegará? Onde estão os carteiros da ECT, grande maioria dos funcionários da empresa?

5) Descaso dos Correios para demandas registradas no “Fale Com os Correios”

Sr. Guilherme, a experiência me mostrou que as reclamações registradas no “Fale com os Correios” não tem serventia alguma. As respostas que recebemos são evasivas, esquivas, desculpas ou pedidos de mais prazos para soluções.
Um exemplo concreto: no dia 06/11/2017 fiz uma compra de selos personalizados na AC Jundiaí e cobraram por eles um valor a maior. Percebendo o erro tardiamente, registrei reclamação no dia 21/11/2017, até o presente momento sem solução. Paguei R$ 220,00 a mais pelos selos e ainda não fui ressarcido desse valor.
Registros de reclamações de cartas registradas ou encomendas (sedex ou pac) não entregues no prazo, não geram atitude alguma para localizar ou agilizar as entregas. Apenas respondem depois das entregas.

6) Falta de funcionários nas Agências

Há tempos vivenciamos uma situação que está piorando dia a dia: a falta de funcionários para atendimento nas agências dos Correios. Muitos estão aposentando ou saindo em planos de demissão voluntária sem reposição. Como exemplo a AC Jundiaí/SP, onde despacho encomendas três vezes por semana. Já teve oito a dez atendentes em guichês, hoje não passam de quatro ou cinco. Na principal agência de uma cidade com pouco mais de 400 mil habitantes.
Filas intermináveis, funcionários sobrecarregados e cansados com tanta demanda, clientes impacientes com a demora no atendimento. Até que ponto vocês vão apertar o cinto?
Trabalhei treze anos em empresa pública, a Caixa Econômica Federal. O mesmo pensamento que tínhamos nas unidades de atendimento da Caixa transporto para os Correios: quem está nos gabinetes da ilha da fantasia chamada Brasília não tem noção da realidade da ponta, de quem está cara a cara com o cliente.

7) Fechamento das Agências Filatélicas

A Filatelia é um segmento que, quando bem trabalhado, pode gerar importantes receitas para uma administração postal. Tanto que, embora quase não mais usados em correspondências, nunca se emitiu tantos selos mundo afora como agora. Vender selos para colecionadores é vender um serviço que não será prestado, a postagem de uma correspondência. É vender figurinha para colecionador a preço caro. Mesmo assim, quando vocês chegaram à conclusão que as agências filatélicas eram deficitárias, não procuraram rever procedimentos e optaram pelo caminho mais fácil: fechar essas agências.
São muitas as reclamações que recebo de filatelistas que não conseguem mais adquirir os selos postais nas cidades onde tinham agências filatélicas. A promessa, não sei se verdadeira, que teriam guichês (melhor seriam balcões) filatélicos nas agências centrais dessas cidades não foi cumprida.
Os atendentes das agências postais não conhecem o produto Filatelia. Não sabem vender selos. Não gostam quando um cliente exige que suas correspondências sejam seladas. Não os culpo, é trabalho especializado para quem gosta desse segmento, ou para quem é preparado em Filatelia. Mas aí eu pergunto: os Correios ensinam Filatelia para os seus atendentes?

Sr. Guilherme, no meu negócio os focos principais da ECT são o segmento Filatelia e o produto Selo Personalizado. Afirmo, sem falsa modéstia, que sou um dos maiores compradores de selos postais e o maior de selos personalizados na sua empresa. Não entrarei em detalhes sobre ambos, esses assuntos trato com seus ótimos funcionários ligados a esta área, que sempre me concederam atenção e tratamento especial.
Mas para vender Filatelia preciso também que os outros setores da ECT funcionem. E estão funcionando muito mal…

Atenciosamente,

Julio César Rodrigues de Castro

Categorias: Sem categoria | 3 Comentários

Assinatura de Selos do Brasil – Lançamentos pelo valor facial

Desde 2005, oferecemos aos nossos clientes a Assinatura de Selos do Brasil, que consiste no fornecimento dos selos e peças filatélicas mediante cadastro prévio dos itens que interessam para as suas coleções.
Nada é pago antecipadamente: nós reservamos os selos e/ou peças filatélicas a cada lançamento e trimestralmente efetuamos um fechamento para remessa. Nos fechamentos, enviamos a planilha dos produtos que estão reservados e aí, sim, é efetuado o pagamento, com a remessa em seguida das peças.
Vejam as principais características e vantagens desse serviço, já utilizado por mais de 270 dos nossos clientes:
• Tranquilidade em garantir a aquisição de todas as peças para a sua coleção, não perdendo nenhum lançamento
• Pagamento e envio das remessas trimestralmente, não acumulando as peças do ano todo para o início do seguinte (geralmente início de ano é época de muitos outros compromissos financeiros)
• Todas as peças pelo valor facial, ou seja, pelo mesmo preço que pagaria nas agências dos Correios
• Possibilidade de enviar pedidos complementares, que serão reservados e enviados junto às remessas trimestrais, economizando despesas de envio
• Condições especiais de pagamentos em todo o site da Filatelia77:
– 10% de desconto para em até 3 parcelas, independente do valor da compra (mesmo nas compras inferiores a R$ 100,00 o desconto é garantido – e o parcelamento também)
– Desconto especial na compra de Protetores Maximaphil
• Vejam todos os detalhes acessando a página explicativa da assinatura (é só clicar na imagem abaixo) e, qualquer dúvida, basta entrar em contato.
• Como registrar a assinatura: depois de ler a página explicativa, enviar email para filatelia77@gmail.com, informando quais e quantas peças quer de cada emissão. Assinem!!!
Quem quiser assinar a partir de 2018 e precisar também de emissões de 2016 ou 2017, temos condições de fornecer pelo facial quase todos lançamentos desses anos (exceto os já esgotados nos Correios).

ac2016

Categorias: Sem categoria | 2 Comentários

Blog no WordPress.com.