Nova emissão Brasil: 200 Anos da Escola de Belas Artes/UFRJ

No dia 12 de agosto os Correios lançaram, na cidade do Rio de Janeiro/RJ, o se-tenant com dois selos “200 Anos da Escola de Belas Artes/UFRJ”.
Cada selo tem valor facial de R$ 1,70 (R$ 3,40 o se-tenant) e a tiragem foi de 480.000 selos (240.000 se-tenants). Esqueceram de colocar no edital: cada folha tem 24 selos (12 se-tenants).
Achei estranho um detalhe: o selo da direita tem o título “200 Anos da Escola de Belas/UFRJ”. Esqueceram da palavra “Artes”?
Infelizmente, não foram lançados envelope de 1º dia nem cartões-postais para FDCs ou máximos postais oficiais.
Os códigos para o Catálogo RHM são:
– C-3627: Selo Escola
– C-3628: Selo Estátua
– EPD-505: Envelope de 1º dia (base envelope olho de boi)
Sobre os Selos: Os selos desta emissão foram criados por Rui de Oliveira, designer, ilustrador, professor e ex-aluno da Escola de Belas Artes da UFRJ. Os selos, em formato de se-tenant, destacam imagens representativas de aspectos fundamentais da conceituação da história e das atividades artísticas desenvolvidas na EBA. Para a criação dos selos, o artista utilizou unicamente processos artesanais como guache, colagem de retícula, frotage e monotipia, evitando qualquer recurso digital, por considerar que a arte estará, sempre, muito acima de questões e recursos tecnológicos. No primeiro selo, vê-se o detalhe central da fachada da Escola Imperial de Belas Artes e, abaixo, em primeiro plano, uma representação das tradições da Escola, a partir das tendências da arte contemporânea, por meio de manchas coloridas, formando um bloco na base inferior do selo. Acima da fachada, visualizamos as nuvens, concebidas a partir de colagem de retículas, processo usado, oficialmente, pela primeira vez no cubismo. O segundo selo foi inspirado nos significados e nobreza da Estátua de David, de Michelangelo, em cuja cabeça o artista fez uma releitura usando fotolito com tinta de PVA, pintada no verso, significando a modernidade e alguns movimentos importantes da arte contemporânea, como o abstracionismo informal – por meio de manchas – frotage e monotipia – em tempera ao ovo. Encontram-se representados, nessa concepção, ainda, o expressionismo abstrato, o futurismo e o abstracionismo geométrico, bem como formas geométricas próprias do neoplasticismo, vorticismo, De stijl e construtivismo russo, movimento fundamental da arte contemporânea.
Para mais informações, cliquem nas imagens e vejam o edital…

selo_200_anos_eba carimbo_200_EBA
sb3627mf

Categorias: Sem categoria | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Nova emissão Brasil: 200 Anos da Escola de Belas Artes/UFRJ

  1. Interessante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: