Nova emissão Brasil: Blocos 3D Entregas das Bandeiras Olímpica e Paralímpica

Inicialmente previstos para 2012, os Correios colocaram à venda em 20 de outubro os blocos 3D “Entregas das Bandeiras Olímpica e Paralímpica”.
Com a pequena tiragem de apenas 5.000 unidades, cada bloco tem dois selos com valor facial de R$ 2,60 (R$ 5,20 cada bloco) e cabem algumas observações sobre esta inusitada emissão:
– só serão vendidos no Kit acondicionado em cartela com os dois blocos e um óculos especial para visualização das imagens, ao preço ECT de R$ 25,00.
– não serão vendidos nas agências dos Correios, mas somente na Central de Vendas à Distância.
– não terão carimbo comemorativo de lançamento, tão pouco edital, pois integram a polêmica emissão da Entrega da Bandeiras, que deveria ter sido lançada em 2012 mas foi colocada à venda no início de 2015. Por isso, não terão peças filatélicas.
Os códigos para o Catálogo RHM são:
– B-197: bloco 3D Entrega da Bandeira Olímpica
– B-198: bloco 3D Entrega da Bandeira Paralímpica
– C-3656: selo do bloco Entrega da Bandeira Olímpica, Londres
– C-3657: selo do bloco Entrega da Bandeira Olímpica, Rio
– C-3658: selo do bloco Entrega da Bandeira Paralímpica, Londres
– C-3659: selo do bloco Entrega da Bandeira Paralímpica, Rio
Descrição da emissão disponibilizada pelos Correios: Uma das emissões mais aguardadas da programação filatélica desde 2012! Trata-se de um kit contendo duas minifolhas, com dois selos cada uma, em três dimensões. Completam o conjunto óculos especiais para a visualização e embalagem personalizada. A Cerimônia de Entrega das Bandeiras Olímpica e Paralímpica é o tema desta peça que inaugura o formato três dimensões no Brasil. Este ritual, realizado no encerramento das Olimpíadas de 2012, em Londres, marcou a mudança de sede para o Rio de Janeiro, anfitriã dos jogos 2016. O valor histórico desta peça, que retrata o maior evento esportivo do mundo acontecendo pela primeira vez na América do Sul, é incontável!

kitblocos3d

Categorias: Sem categoria | 9 Comentários

Navegação de Posts

9 opiniões sobre “Nova emissão Brasil: Blocos 3D Entregas das Bandeiras Olímpica e Paralímpica

  1. Cada coisa estranha que acontece nos Correios …. – Júlio, esse kit vai fazer parte da Assinatura ?

  2. Zeca,
    O Kit entrará normalmente na assinatura.

    Julio

  3. Lenildo C. Silva

    Prezado Julio,

    Reparei que os selos dos blocos 3D receberam numeração própria, C-3656 a C-3659, diferentes da numeração dos selos dos blocos comuns (C-3404 a C-3407). Entretanto, eu não notei quaisquer diferenças entre os selos, salvo tênues deslocamentos na denteação. A informação 3D, que permite diferenciar os blocos, está restrita à foto aérea, que não abrange os selos em si.

    Em resumo: não há como saber de que bloco (comum ou 3D) proveio um selo isolado. Seria um caso similar àqueles dois blocos das arenas olímpicas e paralímpicas, cujos selos não podem ser diferenciados se forem destacados dos blocos.

  4. Caro Lenildo,
    Os selos destacados desses blocos terão numeração própria no Catálogo RHM justamente por causa da diferença que você apontou: deslocamentos na denteação. Quando observados os anteriores (sem 3D) com estes, há pequenas diferenças na impressão em relação à denteação.
    Julio

    • Edouard Braun

      Não existe qualquer diferença entre os selos dos blocos “normais” e dos blocos 3D: a denteação é absolutamente idêntica, basta colocá-los um em cima do outro. Portanto, nada justifica outra numeração no catálogo !

  5. Marcos Boaventura

    Do ponto de vista técnico, não vejo qualquer sentido utilizar um recurso gráfico (efeito 3D anáglifo) sendo que este não tem relação clara com o tema do bloco. 3D anáglifo é um recurso que visa obter profundidade através de 2 camadas de cores minimamente deslocadas. É o que se chama de imagem estereoscópica. Daí a necessidade de utilizar um óculos com uma lente na cor ciano e outra vermelha. Se fosse um efeito que simulasse o movimento de um atleta ou de uma bola, eu até concordaria que a aplicação foi correta nesta emissão. Utilizar por utilizar e acreditar que os blocos foram bem pensados é um erro. Eles não pensam e nem perguntam para o cliente o que este quer consumir. Enfim, outra “bola fora” do serviço filatélico do Brasilquistão.

    • José Carlos Correia Marques

      Ufa ! E eu que estava começando a duvidar do meu bom senso ….. Realmente um lançamento sem propósito. Obrigado, Marcos, por embasar tecnicamente aquilo que eu só conseguia pensar “não entendi a razão desse lançamento: arrancar grana dos colecionadores ?”

  6. Marcos Boaventura

    Se o efeito fosse outro (impressão lenticular, por exemplo) haveria coerência, mas haviam outras possibilidades. O efeito 3D anáglifo foi uma escolha infeliz. Vim de uma família de gráficos e minhas pesquisas filatélicas relacionam-se, em geral, com processos de impressão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: