Homenagens ao Cléber Coimbra

cleber06

Dizem que toda unanimidade é burra, mas nunca concordei com esse ditado. Prova disso foram as manifestações que vi com o falecimento do querido amigo Cleber Coimbra. Foi uma unanimidade total, de norte a sul do país, em todas as formas de colecionismo. O Cleber era uma pessoa porreta, que viveu as últimas décadas servindo aos amigos, muito querido por todos.
Resolvi transcrever aqui algumas dessas manifestações, homenagem a este querido amigo.

Estou muito triste com a partida do Senhor Cleber Coimbra, da AFNB, que, certamente, nunca mais será a mesma.
Seu Cleber era uma das colunas daquela Associação, que, agora, terá que continuar sua jornada sem o seu grande baluarte. Meu Deus… quanta saudade sentiremos dele.
De minha parte, só tenho boas lembranças deste amigo que sempre me apoiou e ajudou em meu trabalho frente à Filatelia, nos Correios. Seu Cleber era um amigo da Filatelia e da Numismática, praticando a integração e o amor às causas que abraçava. Espero que seus amigos da AFNB sigam seu exemplo de dedicação e de amor.
Mais um grande amigo que parte, deixando uma onda de saudade em nossos corações. Que Deus o receba em sua Glória…
Maria de Lourdes Torres de Almeida Fonseca – ex-chefe do Departamento de Filatelia e Produtos dos Correios

Grande Amigo e Colega, sempre disposto a colaborar com tudo e com todos não medindo esforços sendo qualquer ‘rapell’ a ser vencido e tudo era contornado na medida do possível e impossível.
Lamentamos por demais esta partida tão rápida para o ‘andar de cima’ conforme ele sempre nos dizia a respeito de algum amigo que partia e, desta vez foi a dele. Que possa gozar dos benefícios divinos prometidos por Nosso Senhor Jesus Cristo. “Quem me vê vê o Pai que está nos Céus.” Amém,
Requiescat in Pacem.
Vittorio Esposito

Um grande colecionador e bom amigo. Vai fazer uma falta incomensurável no colecionismo brasileiro.
Evaldo Pereira de Rezende

Nesta semana, perdemos uma das pessoas que mais apoiaram e colaboraram para o crescimento da Associação Amigos do Museu de Valores, nosso sócio fundador Cléber José Coimbra. Seu falecimento ocorreu dia 8 de junho de 2019.
Ocupou por diversas vezes a Diretoria da Associação. Sempre disponível para os assuntos relativos à preservação da memória nacional, atuou de forma entusiástica e carinhosa na formação de iniciantes na arte do colecionismo. A numismática brasileira está de luto pela passagem de um dos seus maiores incentivadores e colaboradores.
Aos familiares e amigos de Cléber Coimbra nossas condolências.
Associação Amigos do Museu de Valores do Banco Central

Foi um choque para mim, também, a “viagem” do amigo Cleber. Por anos trocamos cartas e ele costumava me chamar de “Morris West do Nordeste”. Gostava do meu jeito de redigir. Através dele me associei a AFNB e sou filiado até hoje, sem uma boa atuação, reconheço. Nos últimos anos, parei de escrever e perdemos o contato. Pude acompanhar as agruras provocadas pela sua saúde, da qual falava com bom humor e otimismo. A vida é assim, sempre haverá alguém chegando, sempre haverá alguém partindo. É a certeza maior que temos em vida. Que ele descanse na gloria do Eterno. E que familiares e amigos cultivem a sua memória sabendo-o um ser iluminado. Vá em paz, Cleber Coimbra.
Luiz Carlos Wanderley

O conheci uma única vez. Um amor de pessoa, muito amigo do meu pai Zé das Medalhas. Vá com Deus Senhor Cléber Coimbra, muito obrigada pelo tempo que passou junto de todos nós.
Descanse em Paz.
Thaís Vieira

Realmente o Cléber vai fazer muita falta. Estava sempre disposto a ajudar no que quer fosse, recebia as pessoas em sua própria casa. Nós da AFNB estamos de luto. Que Deus conforte a família e receba o amigo Cléber de braços abertos no paraíso celestial!
Giordano Sereno

É com grande pesar que comunicamos o falecimento de Cléber José Coimbra, um dos maiores incentivadores da numismática brasileira.
Que Deus o acolha e conforte a familia.
Sociedade Numismática Brasileira

Recebemos com pesar a notícia que o amigo e colecionador Cléber José Coimbra nos deixou no dia de hoje.

Cléber foi um grande incentivador da Numismática nacional, abraçou muitos amigos que hoje são grandes colecionadores, grandes professores da Numismática.

Fica aqui nossa solidariedade aos familiares e amigos, que ele seja lembrado sempre como a grande pessoa que foi.
Numismática Castro

Hoje a Filatelia, Numismática e todo o Colecionismo brasilense e brasileiro perdeu um de seus grandes expoentes e incentivadores.
Cleber sempre foi um exemplo de dedicação em tudo que fez na vida.
Todos nós seus amigos estamos tristes por sua partida repentina.
À família em especial e a todos os amigos espalhados por todo o Brasil transmitimos nosso abraço e nossos sentimentos.
Roberto Silveira

Meus sentimentos, a Filatelia e a Numismática perdem mais um Guerreiro. Que Deus o receba em Sua Glória.
Eliane Sá Reis

Em meu nome e do Clube Filatélico e Numismático de Uberlândia externamos nossos pêsames à família enlutada. Perdi um grande amigo e incentivador do I ENCONTRO NACIONAL DE MULTICOLECIONISMO em Uberlândia. Vá em Paz companheiro.
Francisco Carlos de Moraes Salles

Sr Cléber foi um dos meus primeiros incentivadores que tive!!! Saudades! Meus sinceros sentimentos.
Fernando Alberto Giordani

Acabamos de ler em duas postagens o falecimento de CLÉBER JOSÉ COIMBRA. Capixaba radicado há tempos em Brasília. Um dos grandes incentivadores do colecionismo pátrio. Ex-presidente da AFNB, associado da SNP, fundador número 50 e muitas outras sociedades numismáticas brasileiras.
Amigo, sempre disposto a ajudar. Nos conhecemos em novembro de 1.984 lá em Brasília. Sempre em contato. Inicialmente através de cartas e depois por e mails. De quando em vez, vinha participar dos Encontros Nacionais aqui no Paraná, onde granjeara uma plêiade de amigos. Lutava sempre com problemas de saúde que eram vários. Exímio conhecedor da legislação do Imposto de renda, no qual ajudava centena de pessoas nas declarações, sem cobrança de honorários. Gostava muito das cédulas, dos selos e dos cartões telefônicos. Mantinha boletins semanais em páginas xerocadas enviando aos associados. Comandou por muito tempo leilões por correspondência através da NAB, Numismatas Associados de Brasília. Uma grande figura do meio do colecionismo. Seu lema: “Unidos somo uma força”. Também se esforçava em manter ativo o grupo de amigos do Banco Central, no intuito de contar com a colaboração daquele órgão.
Uma perda irreparável para o nosso meio. Em nosso nome como também dos colegas da SNP, nossos sentimentos de pesar a sua senhora, filha Alana e filho Cléber Júnior. Demais parentes e amigos de Brasília, do Espírito Santo e do Brasil. Mais um do ramo para o “andar de cima” como ele dizia…
Antonio Tomaz

Um grande homem. Um grande amigo. Um baluarte do colecionismo no Brasil.
Sílvio Moro Spada

Categorias: Sem categoria | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Homenagens ao Cléber Coimbra

  1. Vittorio Esposito

    Belos e merecidos comentários e elogios.
    Por oportuno, quem sabe poderia se emitir o selo personalizado em sua memória.

    • Caro Vittorio,
      Nos próximos dias vou tentar com os Correios e com a família (que precisa autorizar) o lançamento de um selo personalizado. Com certeza, uma justa homenagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: