Crônicas Filatélicas

PORQUE COLECIONEI E COLECIONO SELOS POSTAIS

Foi no ano de 1977 que iniciei minha coleção. Minha mãe era professora do estado e uma afilhada dela de outra cidade veio tomar conta de mim e de minha irmã mais nova para ela trabalhar. Nós não tínhamos telefone em casa e a comunicação dos parentes da afilhada de minha mãe era através de cartas que o carteiro colocava debaixo da porta de nossa casa. Eu era quem recolhia os envelopes e pedia a ela que me desse os selos; ela prontamente me dava os selos usados e assim comecei a ser um ajuntador de selos.
Falei com minha mãe do fascínio pelos pequenos papéis coloridos e ela disse que poderia trazer do seu serviço, também selos usados, já que a repartição em que trabalhava recebia correspondências. Mostrei os selos a um amigo chamado Manoel e ele disse que estava interessado em colecionar também, só que o pai dele podia comprar os selos nos Correios e eu não. Em 1980, mesmo sem ter mesada, comecei a comprar selos nos Correios, até 1987 quando parei porque fui trabalhar no Banco do Brasil; depois que sai do banco, voltei a comprar as emissões mais recentes nos Correios e as mais antigas com o filatelista e comerciante Sérvulo Nunes de Juiz de Fora (MG). Só então descobri a existência de um Catálogo de nome RHM que continha todas as emissões e sugestões de preço. Hoje tenho todos os comemorativos com exceção dos Pacelli. Selos regulares tenho a partir de 1970. Os regulares anteriores tenho alguma coisa, mas não estão classificados por filigrana. Tenho também os Aéreos, Condor, Varig, Selos-etiqueta, Personalizados e Personalizados Básicos.
Em 1992 iniciei uma coleção temática chamada UPAE/UPAEP (União Postal das Américas, Espanha e Portugal) que são emissões conjuntas a partir de 1989 com um tema diferente a cada ano, feita pelos países membros. A ideia inicial de promover a filatelia latino americana com lançamento de um selo de facial pequeno para circulação interna e um selo de facial maior para circulação nas Américas, os países emissores abandonaram a ideia inicial e muitos dos signatários sequer emitem. O tema para 2019 é “Comida Tradicional”. Os envelopes franqueados com selos UPAEP são bem vindos, mas meu interesse é somente pelos selos “mint”.
Helder Mourão Vieira – Filatelista

Categorias: Sem categoria | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Crônicas Filatélicas

  1. ARNALDO REIS GOMES

    Quanto fica os suplementos de 2016 – 2017 – 2018 (não há necessidade de te os selos pesonalizados pois não faço coleção dos mesmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: