Filatelia77: Atendimento normal durante a crise

Eu e, acredito que todos vocês, jamais imaginamos que passaríamos pela situação que estamos passando.
Recebi muitas mensagens de amigos e familiares, aconselhando cuidados especiais. Tranquilizo a todos, a tal da quarentena em quase nada mudou a minha rotina. Trabalho e resido no mesmo endereço, pouco saindo à rua. Quando cuidava da minha mãe, chegava a ficar até quinze ou vinte dias sem ver a cara da rua, então essa reclusão necessária não me é estranha.
O que mais me preocupa são os meus funcionários, três atualmente. Um deles reside longe daqui, mas vem trabalhar de carro. Outro, mais próximo, o pai traz e vem buscar diariamente. O terceiro reside a duas quadras daqui e estamos em um bairro que quase ninguém circula pelas ruas. Não posso dispensa-los do trabalho, muito menos implantar estrutura para que trabalhem em suas casas.
Nos últimos dias as vendas despencaram. Não sei se os ânimos estão em baixa e os amigos/clientes não estão entusiasmados para cuidar das suas coleções, ou se estão com receio de comprar e os Correios não entregarem.
Estamos trabalhando normalmente e também estamos conseguindo despachar as encomendas. Os Correios estão atendendo, com restrições: filas do lado de fora, na calçada, entrando na agência poucas pessoas por vez. Estão com alguns serviços restritos e prazos de entrega dilatados, que podem ser verificados no endereço https://www.correios.com.br/comunicados-coronavirus/. Na sexta-feira não conseguimos enviar uma carta para Israel, não estão aceitando encomendas para vários países com problemas de transportes. Também o estado de Santa Catarina está com os serviços postais paralisados, por determinação do governador daquele estado, mas acredito que esta será derrubada pela nova medida provisória da presidência da República, que puxou para si a responsabilidade de algumas ações, dentre elas os fluxos entre estados. Nessa medida provisória, os serviços postais estão liberados.
A única rotina que mudarei por aqui, a partir desta próxima semana, para preservar o funcionário que despacha as encomendas: antes as encomendas eram enviadas às terças, quintas e sextas-feiras. A partir de agora, serão enviadas somente às quarta-feiras.
Também suspendi o atendimento para os poucos clientes que nos procuram pessoalmente. Os que residem aqui estão sendo orientados a fazer os pedidos pelo site e entregamos aqui, mas do lado de fora da casa e sem contatos próximos.
Ficamos muito tempo somente com um funcionário e este ano contratei mais dois, para dar conta do atendimento crescente nas vendas filatélicas e, principalmente, na produção dos protetores Maximaphil, que estão com uma demanda reprimida muito grande. Os dois novos representam as duas pontas que encontram dificuldades para conseguir emprego. Um tem 18 anos, primeiro emprego, a maioria exige experiência em alguma atividade, que ele não tem. O outro tem 58 anos, quem emprega alguém com essa idade no nosso país? Não quero demitir nenhum, espero conseguir aguentar o tranco. Para tanto, torço para que vocês continuem a comprar conosco normalmente…

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: